Devido ao planejamento e às diferentes melhorias realizadas no sistema de abastecimento ao longo de 2017, a Águas de Camboriú passou o Natal e Ano Novo com abastecimento normal. “Tivemos registros pontuais em algumas ruas que historicamente sofrem de pressão baixa, mas que dentro do plano de investimentos da concessionária serão solucionados”, explica o coordenador de operações da Águas de Camboriú, Gabriel Balparda Fasola.

No dia 31 de dezembro, um dos dias de maior demanda de consumo da temporada, a estratégia da Águas de Camboriú foi liberar mais 2 milhões de litros de água que haviam sido armazenados nas novas estruturas, gerando melhor distribuição e regularidade no abastecimento. Paralelamente, a concessionária também atuou com caminhões-pipas para abastecer os clientes que registraram a solicitação. No total, foram 250 atendimentos em uma semana.

Para que o abastecimento continue regular e não falte água neste verão, época em que o consumo chega a aumentar mais de 20% na região, a concessionária está orientando os clientes a fazerem o uso consciente da água. A caixa d’água ainda é o principal aliado do morador. O item, de acordo com Gabriel, é indispensável para evitar o desabastecimento quando há baixa pressão na rede ou manutenções. “Quando o consumo aumenta muito, os moradores sem caixa d’água são os que mais sofrem. Se ele tem a reserva e faz uso consciente, terá menos probabilidade de ficar sem água”, explica.