A Praça das Figueiras ganhou luz, movimento e som na noite de sábado, 5 de maio. Um dos principais cartões postais de Camboriú recebeu a versão do itinerante Cinesolarzinho, sessão gratuita de cinema voltada exclusivamente para o público infantil e famílias, com patrocínio da Águas de Camboriú. Ao todo, 160 pessoas conferiram uma programação de curtas metragens nacionais que abordaram temas como cidadania, sustentabilidade e preservação ambiental.

O projeto – desenvolvido pela pela Brazucah Produções – busca democratizar o acesso às produções audiovisuais e promover ações sustentáveis. Dentre os curtas-metragens exibidos às crianças estão “A onda – Festa na Pororoca”, animação dirigida por Cássio Ta Vernand, que conta a festa organizada pelos animais do fundo do rio para a passagem da Pororoca; e “Pajerama”, filme com roteiro e direção de Leonardo Cadaval, que mostra o encontro de um índio com elementos urbanos na floresta.

Equipado com placas solares e um sistema conversor de energia, o veículo do Cinesolarzinho viaja por várias regiões para realizar sessões gratuitas de cinema. O projeto utiliza energia limpa e renovável para exibições de filmes, unindo arte, cinema e sustentabilidade. Após os filmes, as crianças de Camboriú puderam conhecer o Eco Estúdio Solar – exposição tecnológica sustentável que apresenta curiosidades e características que envolvem o projeto, passando informações sobre os princípios básicos da energia solar, a exemplo de como ela se transforma em energia elétrica.

“Projetos como esse ajudam a reforçar a mensagem da importância de preservarmos os rios, as florestas e o planeta para que tenhamos água e todos os outros recursos naturais para sempre”, observa Raquel Helm, bióloga responsável pelos projetos sociais da Águas de Camboriú.

O Cinesolarzinho é uma realização da Brazucah Produções e do Ministério da Cultura, em parceria com a Associação Cultural Simbora e a Semearte Productil, através da Lei de Incentivo à Cultura. Em Camboriú, o projeto contou com o patrocínio da Aegea, Águas de Camboriú, Prefeitura Camboriú e das seguintes empresas e entidades: Surya Brasil, Academia Ecofit, GIZ, Instituto Ideal, Fundação Holandesa Doen, Solar World Cinema, Festival Curta Brasília e Ecooar (por isso, todas as sessões têm a compensação de carbono em uma área de reflorestamento no interior de São Paulo).  Tem ainda o apoio tecnológico da Sices Solar e o apoio Institucional da Mercedes Benz.