Notícias

Ver notícia

A Águas de Camboriú promoveu, na noite desta quarta-feira (07), uma edição especial do projeto Sanear Camboriú: um encontro entre representantes da comunidade e autoridades com o objetivo de debater temas importantes para o desenvolvimento da cidade. Durante o evento foi apresentado o projeto de esgotamento sanitário, que a partir de agora fica sob responsabilidade da concessionária.

A assinatura do termo aditivo ao contrato de concessão aconteceu no final de fevereiro e deve ser oficializada na próxima sexta-feira (15), durante evento promovido pela empresa e prefeitura municipal. Durante o Sanear Camboriú,  a presidente da empresa, Reginalva Mureb, relembrou conquistas importantes da concessionária no município e celebrou essa nova etapa.

“O estado de Santa Catarina caminha para a universalização dos serviços de abastecimento e esgotamento sanitário. Em Camboriú, temos o prazo de 10 anos para a conclusão das obras, o que é um tempo mínimo se analisarmos o tamanho deste investimento”, comenta ela. Conforme ressalta, o valor a ser investido no município é de R$300 milhões, trazendo benefícios para a valorização imobiliária, saúde pública e incremento de novos empregos.

Para o secretário de Saneamento Básico de Camboriú, José Pedro da Costa, o Zé Pedro, é uma alegria estar há dois anos há frente destes serviços. Conforme ele relembra, durante todo este período, o esgotamento básico sempre esteve em pauta nas reuniões entre a pasta e a empresa. “É um tema no qual fomos muito cobrados e só traz benefícios. Estou muito grato a cada um que está aqui presente pois fizeram parte dessa conquista, e também ao Ministério Público que pegou junto e nos auxiliou na resolução dessa questão”, completa.

Há mais de 10 anos atuando na área, a diretora executiva da Águas de Camboriú, Maraísa Mendonça, lembrou dos primeiros desafios que enfrentou na profissão com a implantação de água no estado da Pará. “É importante lembrar que uma obra dessa estrutura gera sim alguns incômodos, mas é para o bem comum, em benefício maior. A partir de agora nossa caminhada conta com o apoio de todos os moradores, que juntos irão contribuir para o futuro da cidade e de quem ainda viverá aqui”, afirma Maraísa.

Detalhes sobre o novo sistema

O novo sistema de esgotamento de Camboriú contará com uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de 210l/s atuando por meio do Sistema Terciário de Lodo Granulado Aeróbio. Serão aproximadamente 500 quilômetros de tubulações instaladas nos bairros de Camboriú, coletando os efluentes de residências, comércios e edifícios.

“Além disso, o projeto conta também com 31 elevatórias de esgoto, que são estruturas posicionadas geograficamente em pontos estratégicos no município e bombeiam os efluentes para a ETE”, explica o engenheiro gerente das concessionárias, Vilmar Pereira da Silva Júnior.

Dentro do projeto do novo sistema, fica acertado que a concessionária assumirá, também, as 21 ETEs já existentes em Camboriú e que pertencem a loteamentos e condomínios.

Compartilhar:

Veja Também

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas de Camboriú é responsável pelo abastecimento de água do município de Camboriú, em Santa Catarina.

Licença para execução de obras Saiba mais
Licença para execução de obras

DEFINIÇÃO DO SERVIÇO E PÚBLICO ALVO  Após receber este documento, o requerente está apto a solicitar a ligação definitiva no atendim...

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.

Viabilidade de Empreendimento Saiba mais
Viabilidade de Empreendimento