Arquivo do Autor

Colaboradores das empresas Aegea de SC assumem compromisso de reduzir acidentes de trabalho

Postado por camboriu em 18/abr/2024 - Sem Comentários

Os colaboradores de todas as unidades da Aegea de Santa Catarina participaram da 8ª Parada de Segurança – evento que mobiliza toda a equipe chamando a atenção para as práticas de trabalho cada vez mais protetivas. Durante o evento, todos os funcionários assinaram uma carta de compromisso do projeto Cultura de Segurança, com o objetivo de reduzir a zero os casos de acidentes de trabalho.

A Parada contou com a presença dos funcionários de campo, dos setores administrativo, jurídico, operacional, além da diretoria. Ricardo Marinho, gerente regional de EHS (Meio Ambiente, Saúde e Segurança), lembra que o evento marcou um ponto muito importante para qualquer programa de liderança: o compromisso que envolve todas as escolas da empresa com a segurança de todos. “Estamos formalizando o compromisso de ações que já acontecem na prática. Acreditamos que é possível sim chegar no marco de acidentes zero”, completa ele.

A empresa reforçou, também, as 10 regras de ouro que são diretrizes de trabalho para as equipes. As normativas de cuidado e atenção, envolvem:

1.       Trabalho em altura

2.       Espaço confinado

3.       Movimentação de cargas

4.       Serviços de escavação

5.       Bloqueio, identificação e zero energia

6.       Veículos e equipamentos móveis

7.       Equipamentos de proteção individual (EPI) e coletiva (EPC)

8.       Análise preliminar de risco (APR) e permissão de trabalho (PT)

9.       Comunicação de acidentes e condição insegura

10.     Direito de recusa

Para Maraísa Mendonça, diretora executiva da Águas de Camboriú, Águas de Penha, Águas de Bombinhas e Águas de São Francisco do Sul, hoje as empresas já tem a cultura internalizada de cuidar de si e do próximo por meio de diversas ações como cursos, conversas, bate-papos.

“O motivo de estarmos aqui reunidos é porque todas as metas devem ser compartilhadas, ninguém atinge o alvo quando não sabe o que está mirando. Nossas equipes estão trabalhando nisso para conferir quais as melhores metas de segurança no nosso dia a dia, por isso importante ter olhar de cuidado e colocar em prática”, relembra ela.

Já para a presidente das concessionárias, Reginalva Mureb, o mais importante de qualquer empresa é o recurso humano e a integridade física e mental. “Hoje fizemos um combinado sério e importantíssimo, pela vida, qualidade, segurança e bem-estar. Vemos a importância que a empresa está dando para a segurança do trabalho, que depende de cada um de nós”, completa ela.

Você sabe o que é EHS?

Na sigla original EHS, o conceito vem do termo original em Inglês, Environment, Health and Safety, o qual pode ser traduzido para Meio Ambiente, Saúde e Segurança (em português). Comum em países como os Estados Unidos, o EHS é a área de uma empresa onde se implementa ações para a proteção e segurança ambiental dos funcionários.

A Águas de Camboriú dispõe de um setor exclusivo de EHS, com foco nas ações internas, desenvolvimento, bem-estar e cuidado com os colaboradores. Dessa forma, a ideia geral é deixar o local de trabalho mais seguro, com menores chances de causar danos.

De acordo com Keli Leite, analista ambiental e uma das organizadoras da 8ª Parada de Segurança, o apoio da empresa e dos colaboradores é essencial para que as metas sejam atingidas. “Ações como esta são muito importantes para reforçar e relembrar sempre os pontos de segurança que mantem nosso trabalho e nossa meta por conceito, que é zero acidentes”, completa ela.

Núcleo Social de Camboriú antecipa Campanha do Agasalho

Postado por camboriu em 04/abr/2024 - Sem Comentários

O Núcleo Solidário de Camboriú acaba de celebrar os três anos de formação e comemora a união entre as entidades e consolidação do grupo. A instituição, inclusive, já está planejando a próxima ação: a Campanha do Agasalho 2024. A abertura oficial da campanha deve acontecer no dia do aniversário da cidade, na próxima sexta-feira (05) e seguirá até o mês de julho.

As instituições acordaram em antecipar a coleta de doações, levando em conta que existe uma logística para separar, organizar e entregar as peças antes do início do inverno. “Nossa intenção com isso é de entregar as peças de roupas antes mesmo do início do inverno, assim as famílias conseguem se preparar melhor para o frio”, explica a bióloga e responsável pelos projetos sociais da Águas de Camboriú, instituição que faz parte do Núcleo, Raquel Garcia Helm.

O grupo, que se encontra mensalmente, relembrou outras ações já consolidadas no município, como as atividades realizadas em 2023: Campanha do Agasalho, Dia das Crianças e o Natal Solidário.

Além da Águas de Camboriú, fazem parte do grupo representantes de órgãos e entidades como a prefeitura municipal, conselhos municipais, Sicredi, AMA, Instituto Federal Catarinense (IFC), Pintando a Alegria, Kadiz, Lions, Secretaria de Educação, Instituto Rio Alegro, CRAS Monte Alegre, ADAD e Educa Camboriú. Ao todo, 25 instituições fazem parte do Núcleo Social, que vem crescendo a cada ano.

Para a presidente da Águas de Camboriú, Reginalva Mureb, as ações desenvolvidas pelo grupo por meio do voluntariado apoiam o desenvolvimento social do município. “Estamos inseridos em atividades que promovam os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pela ONU e temos uma enorme satisfação em trabalhar a favor da comunidade”, completa.

Confira os pontos de coleta:

* Águas de Camboriú – R. Manoel Anastácio Pereira, 80 – Centro

* Kadiz | Complexo Esportivo – Alameda Kadiz, 111 – Tabuleiro

* Fundação do Meio Ambiente de Camboriú(FUCAM) – R. Cel. Benjamin Vieira, n 456 – sala 1 – Centro

* Instituto Federal Catarinense – R. Joaquim Garcia, s/n – Centro

* Instituto Rio Allegro – Av. Rio Amazonas, 3071 – Rio Pequeno

* OAB Camboriú – R. Dr. Acácio Bernardes, 7 – Centro

* Rede Feminina de Combate ao Câncer – R. João Morais, 341 – Centro

* 1º IEQ – MOVER PROFÉTICO – R. José Rebelo da Cunha, 250 – Centro

* Sicredi – R. Gustavo Richard, 209 – Centro e R. Monte Nevada – Monte Alegre

* FUCAM – Cel. Benjamin Viêira, n 456 – sala 1 – Centro, Camboriú – SC, 88340-000

Rompimento de rede pode afetar abastecimento de água em duas regiões de Camboriú nesta terça-feira

Postado por camboriu em 02/abr/2024 - Sem Comentários

A Águas de Camboriú informa que, devido a um rompimento de rede na rua Cipriano da Silva, duas regiões da cidade poderão sentir baixa pressão ou precariedade no abastecimento de água nesta terça-feira, 2 de abril: Bacia e Rio Pequeno. As equipes técnicas da concessionária já estão no local para o reparo, que deverá ser concluído em cerca de 3 horas.

A recuperação do sistema ocorrerá de forma gradativa ao longo do dia. Durante este período, a Águas de Camboriú recomenda o uso consciente da água.

Em caso de dúvidas, os atendimentos permanecem pelo telefone e whatsapp 0800-595-4444. Para outras informações, acesse as redes sociais da empresa pelo endereço www.facebook.com.br/aguasdecamboriusc e instagram @aguasdecamboriusc.

COMUNICADO: Manutenção na adutora pode afetar abastecimento em parte de Camboriú, nesta segunda-feira (01)

Postado por camboriu em 01/abr/2024 - Sem Comentários

A Águas de Camboriú informa que, devido a uma manutenção realizada na adutora nesta segunda-feira (01), o abastecimento nos bairros Rio do Meio e Bacia pode sofrer baixas pressões nas próximas horas.

As equipes já estão atuando no local. A operação vem sendo realizada na Avenida Santa Catarina, próximo à rótula do Instituto Federal Catarinense (IFC).

Os atendimentos permanecem pelo telefone e whatsapp 0800-595-4444. Para outras informações, acesse as redes sociais da empresa pelo endereço: www.facebook.com.br/aguasdecamboriusc e instagram: @aguasdecamboriusc.

Águas de Camboriú divulga Relatório 2023 de Qualidade da Água

Postado por camboriu em 28/mar/2024 - Sem Comentários

Com o objetivo de trazer ainda mais transparência no atendimento e atender às demandas da legislação, a Águas de Camboriú divulgou o Relatório Anual de Qualidade da Água no portal. Pelo endereço https://www.aguasdecamboriu.com.br/documentos-2/ é possível conferir o documento que traz uma série de informações e explicações sobre o processo de tratamento e resultados dos parâmetros estabelecidos pelo Ministério da Saúde, como avaliação da cor da água, turbidez, índice de cloro, entre outros dados.

De acordo com Maraísa Mendonça, diretora executiva da concessionária, o relatório é o resumo detalhado das análises e resultados obtidos ao longo de 2023. O link com o endereço para acessar o relatório também pode ser encontrado na fatura de água. Além disso, mensalmente, é realizada a divulgação dos resultados dos principais parâmetros analisados na fatura de água, em cumprimento ao Decreto Federal 5.440/2005, à Lei Federal 8.078/1990.

“O controle de qualidade é realizado permanentemente em todo o sistema da cidade, garantindo a qualidade de água desde o tratamento, reservação e distribuição”, explica ela. As amostras recolhidas nos Pontos de Controle de Qualidade (PCQs) são encaminhadas para um laboratório creditado, onde são realizadas análises em relação aos parâmetros físico-químicos e bacteriológicos. Além disso, a empresa conta também com um laboratório interno que garante as análises diariamente.

Nas análises, são verificados fatores como turbidez, cor, concentração de cloro, flúor e PH, conforme as recomendações da portaria do Ministério da Saúde referentes às condições de consumo. Ainda de acordo com Maraísa, “a ligação de água à rede de abastecimento dá a segurança sobre a origem da água que abastece os consumidores, proveniente de estações de tratamento fiscalizadas pelo poder público e por agências reguladoras”, completa.

COMUNICADO: Manutenção emergencial em adutora pode gerar baixas pressões no abastecimento de água de Camboriú

Postado por camboriu em 21/mar/2024 - Sem Comentários

A Águas de Camboriú informa que, devido a uma manutenção emergencial na adutora de água tratada que abastece a cidade na madrugada desta quinta-feira (21), poderá ocorrer precariedade no abastecimento, com incidências de baixas pressões em diferentes regiões de Camboriú.

A recuperação do sistema de abastecimento ocorrerá de forma gradativa ao longo desta quinta-feira. Durante este período, a Águas de Camboriú recomenda o uso consciente da água.

Em caso de dúvidas, os atendimentos permanecem pelo telefone e whatsapp 0800-595-4444. Para outras informações, acesse as redes sociais da empresa pelo endereço www.facebook.com.br/aguasdecamboriusc e instagram @aguasdecamboriusc.

Águas de Camboriú investirá cerca de R$300 milhões no esgotamento da cidade

Postado por camboriu em 19/mar/2024 - Sem Comentários

A Águas de Camboriú e município acabam de firmar o compromisso de universalizar o esgotamento de Camboriú. A cerimônia que oficializou a assinatura do termo de ajuste do contrato foi realizada na última sexta-feira (15) e contou com a presença de autoridades, representantes da Aegea, instituições, agência reguladora ARESC e convidados da comunidade.

O novo sistema de esgotamento de Camboriú conta com o investimento de R$300 milhões no município, incluindo a construção de uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de 210l/s atuando por meio do Sistema Terciário de Lodo Granulado Aeróbio. Serão aproximadamente 500 quilômetros de tubulações instaladas nos bairros de Camboriú, coletando os efluentes de residências, comércios e edifícios.

Conforme a presidente da Águas de Camboriú, Reginalva Mureb, é fundamental agradecer o envolvimento e a participação de todas as instituições que fizeram parte dos debates sobre o esgotamento ao longo dos anos. “Foram inúmeras reuniões para chegar no ambiente mais adequado e confortável para esta decisão. Hoje estamos aqui para partilhar com a sociedade essa decisão tão importante que é avançar com o esgotamento sanitário de Camboriú”, comenta.

Leandro Marin Ramos da Silva, vice-presidente da Aegea, reforçou que a holding está presente em mais de 500 municípios atendendo mais de 31 milhões de brasileiros, servindo como ferramenta na prestação desse serviço tão importante que é o abastecimento e esgotamento sanitário. “Estamos conscientes de nossa responsabilidade, agora iniciamos um trabalho intenso assumindo esse compromisso em benefício da população”, completa.

O projeto de esgotamento sanitário de Camboriú contará, também, com 31 elevatórias de esgoto, estruturas posicionadas geograficamente em pontos estratégicos no município que bombeiam os efluentes para a ETE. Este é um passo fundamental que deve auxiliar na recuperação do Rio Camboriú, conforme ressalta o presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Camboriú, o professor Paulo Swingel.

“Esta foi uma luta de longa data, foram oito anos de trabalho para chegar nesse momento, nesse dia tão importante. O rio Camboriú é um dos mais poluídos do planeta e o saneamento básico é fundamental para que ele se encontre em melhores condições. Camboriú e Balneário Camboriú devem trabalhar juntas nesse sentido”, opinou o professor.

Para concluir os pronunciamentos, o prefeito Elcio ressaltou o desenvolvimento de Camboriú e seu destaque no estado, lembrando que o município alcançou o patamar de 3ª maior economia da Amfri e uma das cinco melhores em gestão econômica de Santa Catarina.

“Só temos que agradecer a todas as pessoas que passaram por Camboriú com o único objetivo de trazer o melhor o oferecer o melhor para a cidade. Despontamos no cenário econômico e de gestão e hoje, atuamos com capacidade de investimento e acreditando que, com um passo de cada vez, se constrói uma Camboriú modelo para Santa Catarina”, conclui ele.

Também estiveram presentes compondo a mesa de autoridades o representante da Alesc, deputado estadual Carlos Humberto, a presidente do Instituto do Meio Ambiente (IMA) representando o governo do Estado, Sheila Meirelles, o vereador Márcio Pereira representante da Câmara de Vereadores de Camboriú, o secretário de gabinete e diretor da EMASA, Julimar Rogério Dagostim, representando o prefeito de Balneário Camboriú, a diretora executiva da Águas de Camboriú, Maraísa Mendonça, e o presidente da Câmara de Balneário Camboriú, David La Barrica.

Águas de Camboriú e prefeitura municipal oficializam obras de esgotamento sanitário nesta sexta-feira (15)

Postado por camboriu em 12/mar/2024 - Sem Comentários

A cidade de Camboriú conta os dias para a assinatura do termo aditivo do contrato que autoriza a Águas de Camboriú a assumir as obras de esgotamento sanitário na cidade. O evento, organizado pela prefeitura municipal e concessionária, acontece na sexta-feira, dia 15 de março, e a implementação do esgotamento deve transformar a realidade da região.

O projeto de esgotamento deve investir cerca de R$300 milhões na cidade em um sistema moderno e sem odor. O novo sistema de esgotamento de Camboriú contará com uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de 210l/s atuando por meio do Sistema Terciário de Lodo Granulado Aeróbio.

Serão aproximadamente 500 quilômetros de tubulações instaladas nos bairros de Camboriú, coletando os efluentes de residências, comércios e edifícios. O projeto conta também com 31 elevatórias de esgoto, que são estruturas posicionadas geograficamente em pontos estratégicos no município e bombeiam os efluentes para a ETE.

A instalação do esgoto no município de Camboriú é um passo importante e fundamental para o planejamento estrutural necessário para a região, conforme lembra o professor e pesquisador da Univali, Marcus Polette. Contudo, de acordo com ele, ainda é preciso muito mais. “É necessária uma mudança de comportamento da sociedade, dos políticos e da iniciativa privada por meio de um amplo processo educacional”, explica.

Ainda de acordo com o professor, é necessário, também, “respeitar esse grande manancial de água o qual gratuitamente oferece todos os dias água para milhares de pessoas que vivem na bacia hidrográfica, bem como para milhões de turistas que todos os anos visitam a região. Se todos entendessem a importância que as áreas naturais possuem, estas deveriam ser consideradas áreas sagradas para todo o sempre. A água é um bem crucial para a sobrevivência humana”, reforça.

Dentro do projeto do novo sistema, fica acertado que a concessionária assumirá, também, as 21 ETEs já existentes em Camboriú e que pertencem a loteamentos e condomínios. Conforme a presidente da empresa, Reginalva Mureb, essa conquista é mais do que merecida para a cidade, município que mais cresce em número de habitantes no Estado.

“Estamos extremamente realizados em poder contribuir dessa forma tão significativa com a história da cidade. Esse investimento é um desejo antigo da comunidade e um passo fundamental para o desenvolvimento ainda mais próspero de toda a região”, completa ela.

Loja de atendimento da Águas de Camboriú ficará fechada nesta terça (12) para treinamento interno

Postado por camboriu em 11/mar/2024 - Sem Comentários

A Águas de Camboriú informa que a loja de atendimento presencial localizada na Manoel Anastácio Pereira, 80, Centro, estará fechada na terça-feira, dia 12 de março, para treinamento interno dos colaboradores.

Canais de atendimento alternativos:

Durante o fechamento da loja, os clientes poderão entrar em contato com a concessionária pelos seguintes canais de comunicação:

• Call Center: 0800 595 4444 (também recebe mensagens de WhatsApp)
• Aplicativo Águas APP: disponível para download nas lojas App Store e Google Play
• Site da Concessionária: https://aguasdecamboriu.com.br/

Sanear Camboriú apresenta projeto de esgotamento sanitário para comunidade

Postado por camboriu em 11/mar/2024 - Sem Comentários

A Águas de Camboriú promoveu, na noite desta quarta-feira (07), uma edição especial do projeto Sanear Camboriú: um encontro entre representantes da comunidade e autoridades com o objetivo de debater temas importantes para o desenvolvimento da cidade. Durante o evento foi apresentado o projeto de esgotamento sanitário, que a partir de agora fica sob responsabilidade da concessionária.

A assinatura do termo aditivo ao contrato de concessão aconteceu no final de fevereiro e deve ser oficializada na próxima sexta-feira (15), durante evento promovido pela empresa e prefeitura municipal. Durante o Sanear Camboriú,  a presidente da empresa, Reginalva Mureb, relembrou conquistas importantes da concessionária no município e celebrou essa nova etapa.

“O estado de Santa Catarina caminha para a universalização dos serviços de abastecimento e esgotamento sanitário. Em Camboriú, temos o prazo de 10 anos para a conclusão das obras, o que é um tempo mínimo se analisarmos o tamanho deste investimento”, comenta ela. Conforme ressalta, o valor a ser investido no município é de R$300 milhões, trazendo benefícios para a valorização imobiliária, saúde pública e incremento de novos empregos.

Para o secretário de Saneamento Básico de Camboriú, José Pedro da Costa, o Zé Pedro, é uma alegria estar há dois anos há frente destes serviços. Conforme ele relembra, durante todo este período, o esgotamento básico sempre esteve em pauta nas reuniões entre a pasta e a empresa. “É um tema no qual fomos muito cobrados e só traz benefícios. Estou muito grato a cada um que está aqui presente pois fizeram parte dessa conquista, e também ao Ministério Público que pegou junto e nos auxiliou na resolução dessa questão”, completa.

Há mais de 10 anos atuando na área, a diretora executiva da Águas de Camboriú, Maraísa Mendonça, lembrou dos primeiros desafios que enfrentou na profissão com a implantação de água no estado da Pará. “É importante lembrar que uma obra dessa estrutura gera sim alguns incômodos, mas é para o bem comum, em benefício maior. A partir de agora nossa caminhada conta com o apoio de todos os moradores, que juntos irão contribuir para o futuro da cidade e de quem ainda viverá aqui”, afirma Maraísa.

Detalhes sobre o novo sistema

O novo sistema de esgotamento de Camboriú contará com uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de 210l/s atuando por meio do Sistema Terciário de Lodo Granulado Aeróbio. Serão aproximadamente 500 quilômetros de tubulações instaladas nos bairros de Camboriú, coletando os efluentes de residências, comércios e edifícios.

“Além disso, o projeto conta também com 31 elevatórias de esgoto, que são estruturas posicionadas geograficamente em pontos estratégicos no município e bombeiam os efluentes para a ETE”, explica o engenheiro gerente das concessionárias, Vilmar Pereira da Silva Júnior.

Dentro do projeto do novo sistema, fica acertado que a concessionária assumirá, também, as 21 ETEs já existentes em Camboriú e que pertencem a loteamentos e condomínios.